top of page

QUALIDADE DA MATÉRIA PRIMA

O ATR é uma sigla que significa Açúcar Total Recuperado. O ATR é um indicador que representa a qualidade da cana, ou seja, a capacidade da cana-de-açucar de ser transformanda em açúcar ou álcool.

Fonte: Qual a importância do ATR na cana-de-açúcar?, Ribeiro, Sensix Blog, 2021Acessado em: 16/11/2022

No estado de São Paulo desde a Safra 1998/1999, no sistema de pagamento de cana implantado, utiliza-se o ATR que representa a quantidade de açúcares recuperáveis totais da cana descontando-se o xarope (FERNANDES, 2000).

Fonte: Produtividade e qualidade da cana soca correlacionadas com atributos físicoquímicos de um argissolo vermelho distrófico do noroeste paulista, GIOIA,2011

Os produtores de cana-de-açúcar utilizam amostras realizadas por coletas para terem como ponto de partida a melhor hora para colheita e assim obter a melhor produção, visando melhorar a renda da tonelada fornecida.

O cálculo de valor do ATR é feito a partir dos preços dos produtos finais da produção de cana, sendo eles o açúcar e o álcool. As oscilações desses valores batem diretamente na oscilação dos valores do ATR. Como exemplo, em épocas que ocorre excesso de oferta o preço cai. 

Para chegar no resultado, as usinas utilizam uma amostra da cana-de-açúcar para avaliar a qualidade e a partir das informações obtidas chegarem a um valor. Muitos produtores investem em qualificar o melhor momento da colheita para chegarem cada vez mais perto de uma colheita qualificada e assim obter um melhor resultado do cálculo do ATR.

Dessa maneira, vale lembrar que durante muitos anos, os produtores visavam obter apenas maiores quantidades de cana por hectare, o índice conhecido como TCH (tonelada de cana por hectare). Conforme a evolução do agronegócio, foi visto que esse conceito tem mudado, e hoje em dia os produtores preferem lidar com alta produtividade e alta concentração do açúcar para melhorar o ATR, dessa forma obtendo mais produção de açúcar e etanol com o mesmo volume de cana.

Os principais parâmetros para calcular o ATR contida na cana-de-açúcar são o Pol da cana (PC), teor de fibra e a pureza do caldo. 

A partir disso, veja algumas conversões:

  • 1Kg de açúcar = 1,0495 quilos de ATR; 

  • 1L de álcool anidro = 1,8169 quilos de ATR;

  • 1L álcool hidratado = 1,7409 quilos de ATR. 

Sendo assim, as quantidades comercializadas devem ser convertidas em quilos de ATR.

Veja como é feito o cálculo do ATR:

Fórmula primária: ATR= 10 x PC x 0,915 x 1,05263 + 10 x ARC x 0,915

Onde:

  • 10 x PC = Pol por tonelada de cana 

  • 0,915 = Coeficiente de recuperação, para uma perda industrial de 8,5%

  • 1,05263= Coeficiente estequiométrico para a conversão da sacarose em açúcar

  • 10 x ARC= Açúcares redutores por tonelada de cana

Fórmula simplificada: ATR= 9,6316 X PX + 9,15 X ARC

 

Fonte: Qual a importância do ATR na cana-de-açúcar?, Ribeiro, Sensix Blog, 2021 Acessado em: 16/11/2022

bottom of page